Primeiro-ministro britânico Boris Johnson tem alta do hospital em Londres

Líder chegou a passar três noites internado na UTI após contrair o novo coronavírus

Da CNN Brasil*
12 de abril de 2020 às 09:48 | Atualizado 12 de abril de 2020 às 10:01
Boris Johnson, premiê do Reino Unido
Boris Johnson, de 55 anos, foi internado no hospital St. Thomas com febre e tosse
Foto: Simon Dawson - 12.mar.2020/ Reuters

Na manhã deste domingo (12), o primeiro-ministro britânico Boris Johnson, de 55 anos, recebeu alta do hospital onde estava internado, em Londres, por uma contaminação do novo coronavírus. O processo de recuperação, entretanto, ainda exige atenção e deve continuar fora da unidade, conforme informou seu gabinete.

"Seguindo o conselho de sua equipe médica, o primeiro-ministro não vai retornar imediatamente ao trabalho. Ele deseja agradecer a todos no hospital St. Thomas pelos excelentes cuidados que recebeu", disse um porta-voz. 

Depois de ser internado na noite do último domingo (5), o primeiro-minsitro chegou a ser encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde passou três noites. Apesar da transferência, ele não precisou de respiração mecânica e não teve pneumonia, segundo o secretário das Relações Exteriores, Dominic Raab, que substituiu Johnson no governo.

Ainda na noite deste sábado (11), o líder agradeceu à equipe do do Hospital St. Thomas por meio de um comunicado. "Não posso agradecer o suficiente. Devo minha vida a eles", escreveu o premiê segundo a Associação de Imprensa do Reino Unido. 

O próprio Johnson anunciou publicamente, por vídeo, em 27 de março, que seu teste para o novo coronavírus deu resultado positivo. Inicialmente ele afirmou que estava com "sintomas leves" e continuaria liderando o país à distância, isolado em seu apartamento em Downing Street. Dez dias depois, porém, o político precisou ser encaminhado ao Hospital St. Thomas, em Londres.

*Com informações da Reuters