China registra mais de cem novos casos de COVID-19, maior número em seis semanas

São 108 novos pacientes, todos vindos do exterior

Da CNN
13 de abril de 2020 às 00:15
Mulher com máscara de proteção em Pequim, China
Foto: Thomas Peter/Reuters (03.mar.2020)

A China registrou na noite deste domingo (12) o maior número de novos casos de COVID-19 em seis semanas. São 108 novos casos — a cifra mais alta desde 5 de março, quando 143 pacientes foram reportados.

Todos os casos são importados, trazidos de viajantes chegando do exterior.

A província de Heilongjiang, na fronteira com a Rússia, é responsável por mais da metade dos novos casos.

O governo de Harbin, capital de Heilongjiang, declarou neste domingo que vai endurecer o controle alfandegário e impor quarentena obrigatória de 28 dias a quem cruzar a divisa.

Leia também:

Reaberta após 76 dias, Wuhan começa a ressurgir após crise da COVID-19

Após fim da quarentena em Wuhan, residentes finalmente enterram seus mortos

O país totaliza 82.160 casos e 3.341 mortes pelo desde o início da epidemia. Após a transmissão local ter chegado a zero, a China se preocupa com uma segunda onda de infecções, que pode forçar o país à parálise novamente.