Comic-Con em San Diego é cancelada por preocupações com coronavírus

Evento costuma reunir mais de 100.000 pessoas anualmente em San Diego, nos Estados Unidos.

Por Brian Lowry, CNN
18 de abril de 2020 às 05:24 | Atualizado 18 de abril de 2020 às 06:46
A Comic-Con de San Diego foi cancelada, o último grande evento cultural a ser vítima de preocupações causadas pela COVID-19.

A convenção - que costuma atrair mais de 125.000 participantes, transformando San Diego no centro do universo da cultura pop por quatro dias em julho - publicou o anúncio em seu site. "Pela primeira vez em seus 50 anos de história", disseram a organização por trás do evento, eles anunciavam "com profundo pesar que não haverá Comic-Con em 2020".

A organização da convenção declarou seus planos de continuar na data prevista para julho de 2021. Da mesma forma, o WonderCon Anaheim - outro encontro organizado pelo mesmo grupo - disse que sua convenção de abril deveria acontecer em março do próximo ano.

Embora o evento tenha se originado como uma celebração de histórias em quadrinhos, ele se transformou em uma vitrine para todas as formas de cultura popular, incluindo filmes e programas de TV. Os estúdios de cinema, em particular, transformaram o evento em uma plataforma para promover os próximos filmes, que também foram adiados por causa da crise da saúde pública.

Os participantes do evento se vestem  em trajes, desfilando no salão de convenções com roupas coloridas, proporcionando o que equivale a uma fuga de quatro dias da realidade. A Comic-Con International disse que todas as reservas em hotéis seriam reembolsadas. Aqueles que se inscreveram para acesso com crachás poderão solicitar o reembolso ou aplicar o saldo na convenção do próximo ano.

"Tempos extraordinários exigem medidas extraordinárias e, enquanto estamos tristes por tomar essa ação, sabemos que é a decisão certa", disse David Glanzer, porta-voz da organização, em comunicado. "Aguardamos ansiosamente o momento em que todos possamos nos encontrar novamente e compartilhar a comunidade que todos amamos e desfrutamos".