Prefeito italiano posta foto de igreja de cemitério sem caixões: 'Finalmente'

Cidade de Bergamo, no norte do país, teve cerca de 10 mil mortos por causa da pandemia do novo coronavírus

Da CNN, em São Paulo
18 de abril de 2020 às 20:13 | Atualizado 18 de abril de 2020 às 20:17
O prefeito de Bergamo, Giorgio Gori, postou foto da igreja do cemitério da cidade enfim vazia
Foto: Reprodução/Twitter Giorgio Gori

O prefeito da cidade italiana de Bergamo, Giorgio Gori, celebrou neste sábado (18) via Twitter o fato de a igreja do cemitério local estar, enfim, sem caixões de vítimas do novo coronavírus.

"A igreja do cemitério de Bergamo vazia. Finalmente", escreveu Gori.

Localizada na região da Lombardia, no norte da Itália, Bergamo foi um dos epicentros da pandemia do novo coronavírus no país. Segundo a Reuters, cerca de 10 mil pessoas foram vítimas da COVID-19 na cidade.

Os números mais recentes mostram que a disseminação da doença parece ter se estabilizado na Itália. O país registrou hoje o menor número de mortos pela COVID-19 desde o dia 12. Mesmo assim, foram 482 vítimas.

No total, desde o dia 21 de fevereiro, a doença matou 23.227 pessoas na Itália -- é o segundo país com mais vítimas, atrás apenas dos EUA. O número total de casos confirmados de COVID-19 na Itália é de 175.925.