Sul-coreano é condenado a quatro meses de prisão por descumprir quarentena

Segundo a Corte do Distrito de Uijeongbu, ele violou a Lei de Controle e Prevenção de Doenças Infecciosas

Yoonjung Seo, da CNN
26 de maio de 2020 às 10:39
Funcionário desinfecta ruas do bairro de Itaewon, em Seul
Foto: Yonhap - 11.mai.2020 / Reuters

Um homem na Coreia do Sul se recusou a aderir às regras da quarentena impostas em uma das áreas mais atingidas pela pandemia do novo coronavírus no país. Como punição, foi sentenciado a quatro meses de prisão nesta terça-feira (26).

A Corte do Distrito de Uijeongbu, na Província de Gyeonggi, condenou o sul-coreano – que não teve o nome divulgado – por violar a Lei de Controle e Prevenção de Doenças Infecciosas.

Assista e leia também:
Café na Coreia do Sul recorre a robô para ajudar em distanciamento social
Covid-19: Coreia do Sul toma cuidados contra 2ª onda após casos voltarem a subir

Autoridades disseram que ele se recusou a ficar em casa ou em uma instalação de quarentena do governo e visitou locais públicos, incluindo uma sauna e uma loja de conveniência.