CNN Mundo: cônsul do Reino Unido vê Brexit como chance para negócios com Brasil


Da CNN
14 de julho de 2020 às 20:39

A cônsul-geral do Reino Unido em São Paulo, Joanna Crellin, se mudou para o Brasil quando o país era governado pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT), e seu país ainda era parte da União Europeia (UE).

Nestes cinco anos, Crellin assistiu a grandes transformações que incluem o comércio, investimentos e as relações internacionais. Todos esses temas se tornaram alvo de polarização política.

O analista da CNN Lourival Sant'Anna recebe no CNN Mundo a cônsul-geral do Reino Unido em São Paulo e o ex-embaixador Rubens Barbosa, que serviu em Londres e em Washington. Participa da entrevista Américo Martins, vice-presidente de conteúdo da CNN.

Comércio

Na entrevista, Crellin afirma que o Brexit abre uma chance para que o Reino Unido estabeleça novas relações e tratados comerciais, o que inclui o Brasil, uma vez que agora o país vai negociar de forma independente do restante da Europa.

"Nos últimos 100 anos, esquecemos como é fazer negócios com América Latina. Estamos olhando com novos olhos as oportunidades que estão se abrindo por aqui", diz.

A cônsul afirma que o prazo para saída do Reino Unido da União Europeia, em janeiro de 2021, não será prorrogado e que o país está mudando "para uma visão muito mais global".

"Nos próximos 10 anos, os maiores investimentos mundiais estarão fora da Europa. Queremos estreitar nossos laços com esses lugares que terão amplo desenvolvimento", diz.

Para a cônsul, "o Brasil tem tudo para ser um líder na América Latina para receber nossos investimentos". A embaixadora diz que tem buscado fazer a ponte para que as companhias do Reino Unido entendam as oportunidades que podem aproveitar no país, mas que esta deve ser uma via de duas mãos.

Assista e leia também:

CNN Mundo: fechamento das fronteiras separa casais em diferentes países

CNN Mundo: China impõe barreiras para frigoríficos no Brasil

"Meu trabalho tem sido em explicar para empresas britânicas como funciona o Brasil. As empresas têm muito pouco conhecimento sobre o Brasil. Por outro lado, também, muito poucos brasileiros têm conhecimento sobre a Grã-Bretanha. Nosso trabalho tem muito a ver com política, mas também trabalhamos muito na relação comercial", explica.

Amazônia

Outro tema importante da conversa foi o desmatamento no Brasil. A cônsul Joanna Crellin afirmou que os britânicos "estão preocupados com a questão ambiental, com a Amazônia".

"O governo britânico tem como política exterior uma preocupação muito grande com questões ambientais. Tentamos colaborar com o Brasil para enfrentar esse desafio", afirma.

O ex-embaixador Rubens Barbosa afirma que "o governo começa a se dar conta dos problemas que ele criou para ele mesmo na questão ambiental".

"Os empresários estrangeiros, as instituições internacionais. Devemos restaurar a confiança do exterior na política ambiental brasileira. O governo terá que se ajustar a isso", disse, completando que "o mundo incorporou essa agenda e não podemos fugir desse tema".

(Edição: Bernardo Barbosa)