Aos 87 anos, juíza da Suprema Corte dos EUA é internada com suspeita de infecção

Ela foi submetida a um procedimento endoscópico na Johns Hopkins nesta tarde para limpar um stent do ducto biliar que foi colocado em agosto passado

Da CNN
14 de julho de 2020 às 23:52 | Atualizado 15 de julho de 2020 às 02:46
Ruth Bader Ginsburg, juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos, durante evento no Instituto Universitário Europeu
Foto: Instituto Universitário Europeu/Divulgação

A juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos Ruth Bader Ginsburg foi internada no Hospital Johns Hopkins, em Baltimore, Maryland, com suspeita de infecção. Segundo a porta-voz Kathleen Arcberg, a juíza de 87 anos foi avaliada inicialmente no Sibley Memorial Hospital em Washington DC após ter febre e calafrios.

“Ela foi submetida a um procedimento endoscópico na Johns Hopkins nesta tarde para limpar um stent do ducto biliar que foi colocado em agosto passado. A juíza está descansando confortavelmente e ficará no hospital por alguns dias para receber tratamento com antibióticos endovenosos", disse Arcberg.

Ginsburg já possui um histórico de problemas de saúde desde que integrou a Suprema Corte americana. Em maio, inclusive, ela concedeu seus argumentos orais por telefone de seu quarto no hospital enquanto se recuperava de uma condição benigna na vesícula biliar.

A juíza perdeu argumentos orais pela primeira vez em janeiro de 2019, quando se recuperava de uma cirurgia de remoção de dois nódulos cancerígenos de seu pulmão esquerdo.

Assista e leia também:

Suprema Corte permite que procuradores de NY tenham acesso a impostos de Trump

Governo federal dos Estados Unidos executa primeiro preso em 17 anos

Em novembro do ano anterior, ela recebeu tratamento por três costelas fraturadas após uma queda em seu escritório. Em agosto de 2019, ela recebeu tratamento para um câncer no pâncreas.

O presidente Donald Trump disse a repórteres nesta terça-feira (14) que espera que Ginsburg esteja se sentindo melhor e a elogiou por suas decisões na corte. "Desejo-lhe o melhor. Espero que ela esteja melhor”, disse ele no Jardim de Rosas da Casa Branca.

(Tradução de Gabriel Passeri. Clique aqui e leia o original em inglês).