Ao menos 14 ficam feridos após tiros durante funeral em Chicago

Cidade vive onda de violência, com 25 pessoas baleadas na segunda-feira e outras 63 no final de semana

Theresa Waldrop e Raja Razek, da CNN
22 de julho de 2020 às 01:36
Ao menos 14 ficaram feridos após incidente em funeral na cidade de Chicago
Foto: WBBM/ Reprodução

Ao menos catorze pessoas foram hospitalizadas após o registro de tiros em um funeral na cidade americana de Chicago, durante esta terça-feira (21), informou a polícia.

As condições das vítimas "são desconhecidas no momento", disse o primeiro vice-superintendente do Departamento de Polícia de Chicago, Eric Carter, em uma entrevista coletiva na noite de terça-feira perto da casa funerária onde ocorreu o tiroteio.

Todas as vítimas conhecidas são adultas, disse ele.

O tiroteio é apenas o evento mais recente de uma onda de violência em Chicago recentemente. Na apenas na segunda-feira, 25 pessoas foram baleadas em incidentes na cidade. No fim de semana, 63 foram baleados e pelo menos 12 pessoas foram mortas.

Por volta das 18h30 (horário local), na terça-feira, um veículo preto passou em alta velocidade pela rua e alguém nele "começou a atirar nos participantes de um funeral", disse Carter.

Alguns no funeral começaram a reagir, acrescentou. Quando o veículo bateu rapidamente e parou, seus ocupantes saíram e fugiram em várias direções.

A polícia ainda não tem informações sobre as possíveis motivações para os tiros, disse Carter.