Aos 96 anos, italiano se torna o mais velho do país a se formar em universidade


Da CNN
31 de julho de 2020 às 11:54

Aos 96 anos, o italiano Giuseppe Paternò realizou o sonho de se formar na universidade e se tornou a pessoa mais velha a receber o diploma da graduação na Itália.

Giuseppe se formou em história e filosofia, na Universidade de Palermo, na Sicília. 

Nascido em uma família pobre, o italiano conta que sempre gostou de estudar, mas não conseguiu fazer o curso universitário na juventude por dificuldades financeiras.

Leia e assista também:
Separadas por pandemia, mãe e filha se reencontram em Israel após 6 meses
Super Chico: bebê com síndrome de Down vence Covid-19 e deixa UTI após 13 dias

Durante a 2ª Guerra Mundial, ele serviu na Marinha da Itália e, após o fim do conflito, passou a trabalhar como operário em uma ferrovia para poder criar os dois filhos.

Nos últimos anos, Giuseppe decidiu que havia chegado a hora de se dedicar aos estudos e cursou a universidade durante três anos para obter o diploma.

Ele concluiu a graduação com notas altas e honras na mesma universidade na qual se formaram três dos quatro netos dele.

(Edição: Leandro Nomura)

Aos 96 anos, Giuseppe Paternò recebe diploma da graduação em História e Filosofi

Aos 96 anos, Giuseppe Paternò recebe diploma da graduação em História e Filosofia

Foto: Reprodução/CNN (31.jul.2020)