'Número muito alto de feridos', diz ministro sobre explosão em Beirute

Mais de 30 equipes da Cruz Vermelha da região estão chegando ao local

Da CNN
04 de agosto de 2020 às 13:43 | Atualizado 04 de agosto de 2020 às 19:41

Uma explosão de grande dimensões foi registrada em Beirute, no Líbano, nesta terça-feira (4). Ao canal de televisão libanês LBC, o ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hasan, disse que a explosão causou "um número muito alto de feridos".

Mais de 30 equipes da Cruz Vermelha da região estão chegando ao local para verificar a quantidade de feridos. A explosão também atingiu os escritórios do ex-primeiro-ministro do país Saad Hariri e da filial da CNN, na região central da capital libanesa.

O momento da explosão foi registrado em vídeos compartilhados nas redes sociais.  Uma nuvem vermelha pairou sobre a cidade após a explosão, enquanto equipes de bombeiros corriam para o local para tentar apagar o fogo.

Informações preliminares dão conta de que as explosão ocorreu após um grande incêndio em um armazém de fogos de artifício perto do porto de Beirute, informou a National News Agency, o que levou a uma reação em cadeia. A princípio, o caso é tratado como explosão acidental pela imprensa do país.

Momento da explosão de grande impacto em Beirute, no Líbano
Momento da explosão de grande impacto em Beirute, no Líbano
Foto: Reprodução/CNN (4.ago.2020)

"Vi uma bola de fogo e fumaça subindo sobre Beirute. As pessoas estavam gritando e correndo, sangrando. Varandas foram arrancadas de edifícios. Os vidros dos arranha-céus quebraram e caíram na rua", relatou uma testemunha à agência Reuters.

Outra testemunha da Reuters disse que viu uma fumaça cinza pesada perto da área do porto e depois ouviu uma explosão e viu chamas de fogo e fumaça preta: "Todas as janelas do centro da cidade estão quebradas e há feridos andando por aí. É um caos total", declarou.

(Com Reuters. Edição: Leonardo Lellis)