'Número muito alto de feridos', diz ministro sobre explosão em Beirute


Da CNN
04 de agosto de 2020 às 13:43 | Atualizado 04 de agosto de 2020 às 19:41

Uma explosão de grande dimensões foi registrada em Beirute, no Líbano, nesta terça-feira (4). Ao canal de televisão libanês LBC, o ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hasan, disse que a explosão causou "um número muito alto de feridos".

Mais de 30 equipes da Cruz Vermelha da região estão chegando ao local para verificar a quantidade de feridos. A explosão também atingiu os escritórios do ex-primeiro-ministro do país Saad Hariri e da filial da CNN, na região central da capital libanesa.

O momento da explosão foi registrado em vídeos compartilhados nas redes sociais.  Uma nuvem vermelha pairou sobre a cidade após a explosão, enquanto equipes de bombeiros corriam para o local para tentar apagar o fogo.

Informações preliminares dão conta de que as explosão ocorreu após um grande incêndio em um armazém de fogos de artifício perto do porto de Beirute, informou a National News Agency, o que levou a uma reação em cadeia. A princípio, o caso é tratado como explosão acidental pela imprensa do país.

Momento da explosão de grande impacto em Beirute, no Líbano

Momento da explosão de grande impacto em Beirute, no Líbano

Foto: Reprodução/CNN (4.ago.2020)

"Vi uma bola de fogo e fumaça subindo sobre Beirute. As pessoas estavam gritando e correndo, sangrando. Varandas foram arrancadas de edifícios. Os vidros dos arranha-céus quebraram e caíram na rua", relatou uma testemunha à agência Reuters.

Outra testemunha da Reuters disse que viu uma fumaça cinza pesada perto da área do porto e depois ouviu uma explosão e viu chamas de fogo e fumaça preta: "Todas as janelas do centro da cidade estão quebradas e há feridos andando por aí. É um caos total", declarou.

(Com Reuters. Edição: Leonardo Lellis)