Tiroteio na capital dos EUA deixa ao menos um morto e 20 feridos

Segundo chefe da polícia local, festa na rua reuniu dezenas de pessoas; desentendimento levou ao tiroteio

Lorena Lara, da CNN em São Paulo
09 de agosto de 2020 às 13:10 | Atualizado 09 de agosto de 2020 às 15:31

Um tiroteio em Washington DC, capital dos Estados Unidos, neste domingo (9), deixou ao menos uma pessoa morta, segundo autoridades locais. Para Peter Newsham, chefe da polícia local, um desentendimento durante uma festa na rua levou ao tiroteio. 

Os chamados de emergência foram feitos pouco depois da meia-noite. Ainda de acordo com Newsham, ao menos 20 pessoas foram baleadas. "Houve uma aglomeração grande, com certeza tinha muita gente nas ruas. Tinha música, tem indícios de que havia comida sendo servida", disse Newsham. "O que aconteceu foi algum tipo de disputa. Várias armas surgiram e vários tiros foram disparados", relatou o policial.

Leia também:
Terremoto de 5,1 graus atinge Carolina do Norte, nos EUA
Em 2º dia de protestos, manifestantes seguem rumo ao parlamento libanês
Washington pinta 'Vidas negras importam' no caminho para a Casa Branca

Equipes de atendimento de emergência resgataram feridos tanto da cena onde o tiroteio aconteceu, como também de uma região próxima. Até o momento, as autoridades de segurança consideram que houve incidentes separados.

A prefeita do distrito de Columbia, Muriel Bowser, reiterou as leis locais em seu pronunciamento. "É ilegal beber na rua no distrito de Columbia, é ilegal usar maconha nas ruas do distrito de Columbia. É contra nossas políticas estar em uma aglomeração com mais de 50 pessoas", disse Bowser. "Quando dizemos que não podemos ter grandes eventos, é para manter toda a comunidade a salvo", explicou a prefeita.

Com informações da Reuters e CNN.