Zoo de Washington celebra gravidez de panda gigante

O evento é uma esperada boa notícia para o zoológico, que teve de fechar por meses devido à pandemia do coronavírus

Da Reuters
18 de agosto de 2020 às 20:31 | Atualizado 18 de agosto de 2020 às 20:33
Panda gigante Mei Xiang no Zoológico Nacional de Washington, nos EUA
Foto: 23/08/2007 REUTERS/Kevin Lamarque

Os entusiastas do mundo animal foram à loucura: Mei Xiang, uma panda gigante de 22 anos que vive no Zoológico Nacional de Washington, nos Estados Unidos, vai dar à luz em questão de dias, de acordo com a instituição, no que pode ser sua quarta gravidez bem sucedida. 

O evento é uma esperada boa notícia para o zoológico, que teve de fechar por meses devido à pandemia do coronavírus. 

Na segunda-feira, o zoológico postou um vídeo do ultrassom da panda gigante em suas páginas de redes sociais que mostrava o feto em movimento, e confirmou a gravidez.

Leia também:

Tigresa testa positivo para coronavírus em zoológico de Nova York

Do vison ao seu gato: o que se sabe sobre a relação entre Covid-19 e animais

"Assim que a imagem do feto com o coração batendo e as estruturas do esqueleto, eu vi que, sim, não temos apenas uma boa imagem, como também temos movimento", disse Don Neiffer, diretor veterinário do zoológico à Reuters nesta terça-feira. "Ontem definitivamente foi um bom dia". 

Neiffer não descartou que Mei Xiang possa dar à luz gêmeos, o que muitas vezes acontece com os pandas, e o zoológico estava se preparando para a possibilidade. 

"Se os dois nascerem, então é altamente improvável que ela irá criá-los ao mesmo tempo sozinha", disse. 

As notícias da gravidez de Mei Xiang empolgaram os apaixonados por bichos, que lotaram o website do zoológico para acompanhar pelas câmeras a mamãe panda.