Trump ataca Kamala Harris e diz que filha dele seria melhor para o cargo de vice

Durante um comício em New Hampshire, presidente afirmou que a vice de Joe Biden não tem competência suficiente para a função

Maegan Vazquez, da CNN
29 de agosto de 2020 às 03:12
Donald Trump durante comício em Londonderry, New Hampshire
Foto: Carlos Barria - 28.ago.2020 / Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse a seus apoiadores durante um comício nessa sexta-feira (28) que a senadora Kamala Harris não tem competência suficiente para ser a vice do candidato democrata à presidência, Joe Biden. O republicano sugeriu ainda que sua filha e conselheira, Ivanka Trump, seria melhor para o cargo.

Falando na cidade de Londonderry, em New Hampshire, Trump também fez piada com a campanha presidencial fracassada dos democratas na Califórnia.

“Vocês sabem, quero ver a primeira mulher presidente também, mas não quero ver uma mulher presidente chegar a essa posição da forma como ela vem fazendo, e ela não é competente. Não é competente. Todos eles estão dizendo: ‘Queremos Ivanka’. Eu não culpo vocês”, afirmou Trump.

Assista e leia também:
América Decide: Kamala Harris ajuda ou atrapalha a eleição de Biden?
Obama, Hillary e Kamala Harris comandam terceira noite da Convenção Democrata
O significado da escolha de Kamala Harris como candidata a vice nos EUA

O ataque a Harris surge um dia após o encerramento da Convenção Nacional Republicana dos EUA 2020, que focou em convencer os eleitores de que o presidente é gentil com as mulheres e tem trabalhado a favor dos afro-americanos. 

Harris, a primeira mulher negra e primeira sul-asiática do país a aceitar a indicação à vice-presidência de um grande partido, ocupa o cargo de senadora pela Califórnia desde 2017. 

O presidente tem um histórico de comentários ofensivos sobre afro-americanos, e já os chamou de “burros” e “estúpidos”, ao se referir a alguns jornalistas negros. Ele também proferiu frases machistas sobre a inteligência e a aparência de mulheres nos últimos anos.

(Texto traduzido, clique aqui e leia o original em inglês.)