EUA: família Kennedy perde votação em Massachusetts pela primeira vez


Da CNN
02 de setembro de 2020 às 12:21
Joe Kennedy III, sobrinho-neto de John Kennedy, perdeu votação em Massachusetts

Joe Kennedy III, sobrinho-neto de John Kennedy, tornou-se o primeiro membro da família a perder votação em Massachusetts

Foto: Brian Snyder - 1.set.2020-Reuters

O senador norte-americano Ed Markey derrotou, na terça-feira (1º,) o deputado Joe Kennedy III, de 39 anos, nas primárias do Partido Democrata em Massachusetts, e disputará em novembro outro mandato de seis anos com uma plataforma progressista.

Com sua candidatura malsucedida, Joe, de 39 anos, se tornou o primeiro membro da lendária família política a sofrer uma derrota em votações no estado norte-americano de Massachusetts – berço eleitoral dos Kennedy.

Embora suas posições políticas fossem parecidas com as de Markey, inicialmente Joe era visto como favorito quando anunciou em setembro que deixaria a Câmara dos Deputados após oito anos e tentaria vencer a disputa do partido para a candidatura ao senado nas eleições de 3 de novembro.

Mas Markey, de 74 anos, que tem estado na vanguarda de causas progressistas que vão desde impedir a proliferação de armas nucleares até impor novos padrões de emissões de carbono para conter as mudanças climáticas, montou uma campanha agressiva que foi apoiada por estrelas como a senadora Elizabeth Warren, também de Massachusetts, e a deputada Alexandria Ocasio-Cortez, de Nova York.

Markey obteve 55,4% dos votos contra 44,6% de Kennedy, de acordo com a apuração parcial da votação. No discurso da vitória, Markey enfatizou a urgência de enfrentar as mudanças climática depois de anos de legislações difusas.

Assista e leia também:

Bob Dylan lança música de 17 minutos inspirada em assassinato de Kennedy

Corpo de neta de Robert F. Kennedy é encontrado após acidente de canoa

“Não haverá paz, justiça e prosperidade a não ser que paremos com a marcha de destruição climática. Esta é uma questão de vida ou morte”, disse Markey.

Em 2019, ele e Ocasio-Cortez criaram o “Green New Deal”, para promover a redução das emissões de carbono que causam as mudanças climáticas.

Com o amplo histórico legislativo de Markey, após mais de quatro décadas na Câmara e no Senado, e nenhuma controvérsia pessoal, Kennedy teve dificuldade em convencer os eleitores de Massachusetts a trocar o legislador veterano.

Pesquisas de opinião mostraram que Markey conquistou o apoio de eleitores jovens em sua disputa contra Kennedy, neto do senador Robert Kennedy – e sobrinho-neto do presidente dos EUA, John Kennedy, assassinado em 1963.

Ao admitir a derrota, Kennedy chamou Markey de "um bom homem" e disse que sua coalizão de apoiadores "que não podem se dar ao luxo de aceitar o status quo" continuará sua luta pela saúde universal e melhorias nos direitos civis.

(Com Reuters)