Chá de revelação do gênero de bebê causou incêndio florestal na Califórnia


Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
07 de setembro de 2020 às 09:35 | Atualizado 07 de setembro de 2020 às 23:09

O estado da Califórnia, nos Estados Unidos, enfrenta uma série de incêndios florestais nos últimas dias, causados, entre outras coisas, pelo clima seco na região.

No entanto, um desses incêndios – registrado em El Dorado – foi causado por um chá de revelação de gênero de bebê.

A informação foi divulgada pelo Departamento de Proteção Florestal e Combate a Incêndios da Califórnia (Cal Fire), na manhã desta segunda-feira (7).

Segundo o Cal Fire, o incêndio no condado de San Bernardino foi causado por um “aparelho pirotécnico de fumaça”, utilizado para revelar o gênero do bebê durante a festa.

Assista e leia também:

224 pessoas são resgatadas de helicóptero em incêndio florestal na Califórnia

Raro tornado de fogo se forma próximo a incêndio na Califórnia

'Fogo' no Ibirapuera: Natura projeta chamas no parque, em alerta sobre queimadas

Incêndio florestal na Califórnia foi causado por equipamento em chá de bebê

Um dos incêndios florestais na Califórnia foi causado por equipamento de fumaça usado em chá de bebê

Foto: Reprodução/ Cal Fire/ Twitter

O fogo começou por volta das 10h20 (14h20 em Brasília) do sábado (5) no El Dorado Ranch Park, em Yucaipa, e se alastrou pela região.

Até o momento, as chamas já consumiram 28.530 m² de floresta – equivalentes a quatro campos de futebol –, de acordo com o monitoramento do Cal Fire.

A polícia Florestal de San Bernardino informou nesta segunda (7) que, por conta do tempo seco e da temperatura elevada, os ventos devem manter o fogo ativo. Ainda de acordo com o departamento florestal do condado, o incêndio deve seguir ao longo do dia.

Segundo a Cal Fire, “não é preciso muito para que um incêndio florestal ocorra durante o clima seco”, como o esperado para esta segunda. De acordo a força florestal de San Bernardino, é que a umidade do ar esteja em torno de 20%.

(Com informações de Hollie Silverman, da CNN)