Coalas quase causam crise política na Austrália; entenda

Proteção aos animais vira motivo de divergência política, que foi contornada

Da CNN, em São Paulo
13 de setembro de 2020 às 19:02 | Atualizado 13 de setembro de 2020 às 19:07

Na Austrália, os coalas acabaram causando uma grande confusão nos bastidores políticos. A tensão surgiu em Nova Gales do Sul, Estado mais populoso do país, onde fica a cidade de Sidney.

Tudo começou quando um partido se opôs a uma lei estadual que pedia a proteção de áreas consideradas essenciais para os coalas, alegando que isso tira o direito dos proprietários de controlar a própria terra. O partido, que tem uma forte bancada ruralista, ameaçou quebrar uma aliança que data de 1927 com o partido liberal, o maior da coligação.

Leia mais

Coalas feridos em incêndios na Austrália voltam à natureza após tratamento

 
Foto: Reprodução/CNN


O fim da aliança poderia significar uma saída em massa dos nacionalistas de diversos ministérios, mas as duas partes se acertaram após uma promessa dos liberais de que a pauta estará na agenda das próximas reuniões.

Um integrante do partido deixou claro que não é contra os coalas, mas que a ameaça foi um ato de desespero, já que eles não estavam sendo ouvidos.

(Edição: Marcio Tumen Pinheiro)