EUA: avião que transportava Pence aterrissa em segurança após bater em pássaro

Aeronave levava vice-presidente dos Estados Unidos de volta a Washington quando aconteceu o incidente

Paul LeBlanc e Daniella Diaz, da CNN
23 de setembro de 2020 às 07:53 | Atualizado 23 de setembro de 2020 às 10:25

O avião Air Force Two, usado pelo vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, aterrissou em segurança nessa terça-feira (22) no aeroporto de New Hampshire, após colidir com um pássaro durante o voo. A informação foi confirmada à CNN pelo porta-voz de Pence.

A aeronave levava o vice-presidente de volta a Washington, após ele discursar em um comício de Donald Trump na cidade de Gilford, em New Hampshire, quando aconteceu o incidente.

Os pilotos decidiram voltar ao aeroporto do qual haviam decolado por motivos de segurança, disse o porta-voz de Pence, Devin O'Malley.

Assista e leia também:
Pence aceita nomeação com discurso duro contra Biden: 'Caminho do declínio'
Análise: Trump desloca para China e OMS responsabilidade por mortes nos EUA
Trump ataca China e diz que ONU precisa 'focar nos problemas reais do mundo'

Os pilotos decidiram voltar ao aeroporto do qual haviam decolado por motivos de segurança; avião foi inspecionado após incidente
Foto: CNN

Após aterrissar, o vice-presidente e sua equipe usaram uma aeronave de carga para voltar a Washington.

Este não foi o primeiro incidente de Pence relacionado a uma viagem de avião durante uma campanha presidencial. Em outubro de 2016, uma aeronave que o transportava derrapou na pista do aeroporto de LaGuardia, em Nova York.

“Estamos bem”, disse Pence nesta manhã, por telefone, à CNN. “Foram cerca de dez segundos de incerteza na noite passada, mas estamos muito agradecidos aos pilotos, à equipe de emergência no local e [que] todos saíram do avião em segurança.”

(Texto traduzido. Leia o original em inglês.)