Deputado argentino renuncia após trocar carícias com mulher em sessão virtual

Juan Ameri disse que se sentiu mal com o que havia acontecido e foi pego de surpresa por um momento íntimo

Da CNN
25 de setembro de 2020 às 18:52
Câmara dos Deputados da Argentina em reunião virtual
Foto: Divulgação/Twitter.com/DiputadosAR

Um deputado argentino renunciou ao cargo após ser flagrado, durante uma sessão virtual da Câmara na quinta-feira (24), trocando carícias com uma mulher em frente à câmera do computador. Juan Ameri aparece fazendo carinho na mulher e depois aparenta puxar parcialmente a blusa dela para baixo e beijar seu seio.

A Câmara de Deputados da Argentina disse em um comunicado no Twitter, na manhã desta sexta-feira (25), que votou para aceitar a renúncia de Ameri, que representa a província de Salta na coalizão governista.

Pouco depois do incidente, que se tornou viral e gerou indignação na Argentina, os legisladores votaram pela suspensão de Ameri e convocaram um painel para decidir sobre a sanção final. Nesta sexta (25), a Câmara aceitou a renúncia.

Leia e assista também

Milhares protestam na Argentina contra resposta do governo à pandemia

Ameri, em comentários à rádio local, disse que se sentiu mal com o que havia acontecido, acrescentando que sua conexão com a internet era ruim e que ele foi pego de surpresa em um momento íntimo.

A coalizão governista Frente de Todos disse em um comunicado que o incidente mostrou uma falta de respeito pelo povo argentino e pela legislatura, e pediu uma forte sanção.

"Como representantes do povo, não podemos permitir uma irresponsabilidade dessa magnitude", disse o partido antes que a renúncia de Ameri fosse confirmada.

Reuniões virtuais em meio à pandemia do coronavírus têm colocado legisladores em situações curiosas. Em junho, Luke Ming Flanagan, da Irlanda, parecia não estar usando calças enquanto discutia questões políticas com seus pares no Parlamento Europeu.

(Com Reuters)