Pais respondem críticas a vídeo de bebê praticando esqui aquático

O caso viralizou por causa do vídeo publicado nas redes sociais dos pais

Da CNN*
25 de setembro de 2020 às 13:47

Criticados por colocarem o filho, de seis meses, para praticar esqui aquático em um lago, os pais do bebê Rich Humpreys responderam os comentários negativos que receberam nas redes sociais.

O caso viralizou por conta do vídeo publicado nas redes sociais dos pais. Nas imagens, o pai aparece ao lado do bebê, que pratica a atividade esportiva no Lago Powell, no estado de Utah, nos Estados Unidos.

Ao programa "Good Morning America", a mãe, Mindi Humphreys, afirmou que consultaram um pediatra – que deu sinal verde para a atividade inusitada.

Leia e assista também:

Chá de revelação do gênero de bebê causou incêndio florestal na Califórnia
Super Chico: bebê com síndrome de Down vence Covid-19 e deixa UTI após 13 dias
Nos EUA, professora cuida de bebê enquanto mãe se recuperava da Covid-19

Vídeo de bebê praticando esporte radical viralizou nas redes sociais
Foto: CNN (25.set.2020)

"Ele ficou super impressionado com o quão avançado está o Rich. Ele disse que está tudo bem e para não nos preocuparmos com isso", contou ela.

Por outro lado, a Academia Americana de Pediatria (AAP, na sigla em inglês) alertou que crianças com idade abaixo de 1 ano "não podem eficientemente levantar a cabeça para respirar" e que "um adulto com habilidades de natação deve estar a distância de um braço, fornecendo supervisão constante".

A recomendação foi cumprida pelos pais, já que o pai, Casey, aparece tocando o filho algumas vezes ao longo da filmagem.

Casey disse que médicos e uma enfermeira estavam por perto e que a velocidade não ultrapassou 8 km/h. Ele disse entender as críticas.

"Realmente sinto que a maioria das críticas vem de pessoas que se preocupam e estão querendo o melhor para nosso filho. Então, honestamente, nós apreciamos isso", afirmou.

(*Com informações de Jeane Moss, da CNN, em Nova York. Edição: Leonardo Lellis)