Queda de avião militar deixa ao menos 26 mortos na Ucrânia

Aeronave Antonov An-26 caiu ao tentar pousar durante um exercício de treinamento, disse representante das Forças Armadas em um comunicado

Da CNN
26 de setembro de 2020 às 00:20 | Atualizado 26 de setembro de 2020 às 08:06
Um vídeo postado pelo vice-ministro do Interior, Anton Gerashchenko, no Facebook, mostra o avião em chamas perto de uma estrada e fumaça subindo no céu noturno
Foto: Facebook/ Reprodução

Um avião de transporte militar que transportava cadetes da Força Aérea da Ucrânia caiu e pegou fogo perto de uma rodovia no nordeste do país na noite desta sexta-feira (25), matando pelo menos 26 pessoas a bordo, disseram autoridades.

A aeronave Antonov An-26 caiu ao tentar pousar durante um exercício de treinamento, disse o Estado-Maior das Forças Armadas, Ruslan Khomchak, em um comunicado, acrescentando que pelo menos mais duas pessoas ficaram gravemente feridas.

Um vídeo postado pelo vice-ministro do Interior, Anton Gerashchenko, no Facebook, mostra o avião em chamas perto de uma estrada e fumaça subindo no céu noturno.

Imagens feitas posteriormente mostraram equipes de resgate inspecionando destroços perto da cidade de Chuhuiv. Uma investigação foi iniciada sobre o que causou o acidente.

Assista e leia também:

Passageira abre porta de emergência de avião e anda sobre asa para 'tomar um ar'

Líder religioso que culpou homossexuais por Covid-19 é diagnosticado com o vírus

Um piloto relatou falha no motor esquerdo do avião bimotor, disse Oleksiy Kucher, governador da região de Kharkiv, de acordo com a agência Interfax da Ucrânia, acrescentando que esta não seria uma situação crítica para um piloto experiente.

Citando informações preliminares, Kucher disse que algumas das pessoas a bordo conseguiram pular do avião quando ele estava em baixa altitude.

Uma testemunha ocular que estava dirigindo na estrada em direção a Chuhuiv disse à agência Reuters que viu um homem em chamas correndo do avião após sua queda.

"Outro carro parou atrás de nós. Pegamos um extintor e corremos com outro motorista para ajudá-lo", disse Yaroslav, que deu apenas seu primeiro nome. “Outro homem saiu do avião. Ele tinha um corte na cabeça. Nós o puxamos para o lado oposto (da estrada).”

Assista e leia também:

Aeronave se parte em duas partes durante pouso na Índia e deixa ao menos 18 mortos

Avião roubado no México cai na Guatemala depois de voo irregular à Venezuela

O acidente aconteceu a cerca de 2 quilômetros de um aeroporto militar, disse o Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia em um comunicado. Segundo a agência, 27 pessoas estavam a bordo do avião. 

Os cadetes eram da Universidade da Força Aérea de Kharkiv, administrada pelo Ministério da Defesa.

Reação do presidente

Em sua conta no Facebook o presidente Volodymyr Zelenskiy lamentou a queda da aeronave e decretou luto nacional. Ele também determinou uma investigação “objetiva e imparcial” para determinar as causas do incidente.

"Ontem, como resultado de uma terrível tragédia – a queda do avião An-26 – a Ucrânia perdeu 26 dos seus filhos. 25 morreram no local e um no hospital, em decorrência das queimaduras. Mais um está em tratamento. Rezando pela recuperação dele o mais rápido possível”, escreveu Zelenskiy.

“Perdemos jovens rapazes cadetes e militares experientes que tinham uma vida inteira pela frente. É difícil ter palavras para expressar a dor desta perda. É difícil encontrar as frases necessárias para confortar pais, esposas e filhos dos guerreiros mortos.”

Ele disse ainda que o estado deve garantir o tratamento das vítimas e dar compensação a quem perdeu familiares no incidente. “A Ucrânia não esquece os seus heróis.”

(Com informações da Reuters)