Médico diz que Trump concluiu tratamento; presidente quer comício no sábado

"Sábado será 10º dia desde o diagnóstico da quinta passada e prevejo que o presidente retorne com segurança a eventos públicos", disse médico da Casa Branca

Por Jeff Mason e Steve Holland, da Reuters
08 de outubro de 2020 às 23:53 | Atualizado 09 de outubro de 2020 às 02:35
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usa máscara após ter alta de hospital
Foto: Jonathan Ernst/Reuters (5.out.2020)


O médico do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (8) que o mandatário completou o tratamento para o coronavírus, continua em estado estável desde que retornou à Casa Branca e pode voltar aos compromissos públicos no sábado (10).

O médico Sean Conley disse em um comunicado publicado pela Casa Branca que Trump havia respondido "extremamente bem" ao tratamento, sem qualquer evidência de que tivesse efeitos adversos.

Trump foi hospitalizado na última sexta-feira após anunciar que havia contraído o novo coronavírus. Ele voltou à Casa Branca na segunda-feira.

Leia também:
Regeneron é procurado após tratamento de Trump, mas médicos querem mais dados

Trump diz que não participará de debate virtual com Biden

"Desde que voltou para casa, seu quadro continuou estável e desprovido de qualquer indicação que sugira uma progressão da doença", escreveu Conley. "Sábado será o 10º dia desde o diagnóstico da quinta-feira passada, e, baseado na trajetória dos diagnósticos avançados que a equipe tem conduzido, eu prevejo completamente que o presidente retorne com segurança aos seus compromissos públicos neste dia". 

Trump, que está confinado na Casa Branca com a doença que buscou minimizar desde o início da pandemia, disse mais cedo na quinta-feira que não acreditava que estava contagioso e que estava se sentindo bem o bastante para retomar seus comícios de campanha.

Tais eventos, principalmente os realizados em espaços fechados, levantaram preocupações entre especialistas de saúde sobre a possível propagação do vírus. 

 

Comício na Flórida no sábado

"Eu amaria fazer um comício hoje à noite. Eu queria fazer um ontem à noite", disse Trump, acrescentando que "se eu estou em um comício, eu fico sozinho, e muito longe de todo mundo", disse Trump em entrevista à rede Fox News nesta quinta-feira.

"Acho que vou tentar fazer um comício no sábado à noite, se tivermos tempo suficiente para montá-lo, mas queremos fazer um comício ... provavelmente na Flórida, no sábado à noite. Posso voltar e fazer um em Pensilvânia na noite seguinte", disse o presidente.

Trump também afirmou que provavelmente fará um teste para Covid-19 nesta sexta-feira.