Astronauta da Nasa vota diretamente do espaço

“É essencial participar da nossa democracia, consideramos uma honra podermos votar no espaço”, disse Kate Rubins

Melissa Alonso, da CNN, em São Paulo
25 de outubro de 2020 às 16:27 | Atualizado 29 de outubro de 2020 às 11:19
Kate Rubins exerce a democracia mesmo fora da atmosfera
Foto: NASA

A astronauta da Nasa Kate Rubins votou diretamente do espaço nesta semana, usando uma cédula eletrônica segura e uma urna improvisada na Estação Espacial internacional, de acordo com uma publicação do perfil oficial da Nasa no Twitter.

Rubins disse apenas “eu votei hoje”, na postagem de quinta-feira (22).

“É essencial participar da nossa democracia, consideramos uma honra podermos votar no espaço”, disse Rubins em um vídeo para a Nasa em 16 de outubro.

Rubins, que é uma engenheira, também votou da Estação Espacial Internacional durante as eleições de 2016, fato registrado pela CNN.

Leia também:
Astronautas retornam à Terra após passarem seis meses em estação espacial
Nasa vai tentar pousar sonda em asteroide em movimento
Nasa e Nokia vão instalar rede 4G na lua

“Eu penso que seja de extrema importância que todos votem, e se nós podemos fazê-lo do espaço, então eu acredito que o pessoal na Terra consegue também”, disse ela.

Astronautas registrados para votar no estado do Texas ganharam o direito de votar do espaço em 1997, quando legisladores do estado permitiram que eles pudessem registrar o voto de forma eletrônica, com sua cédula de fora da atmosfera, caso estivessem em missão espacial durante o período eleitoral.

(Texto traduzido do inglês, clique aqui para ler o original)