Universidade estima que EUA terão mais de 110 mil mortes por Covid-19 em 2 meses

Governo da Dakota do Norte autorizou profissionais de saúde com a doença, mas sem sintomas, a trabalharem nas alas com pacientes também infectados

Da CNN, em São Paulo
12 de novembro de 2020 às 18:45


 

Cerca de 110 mil pessoas devem morrer nos próximos dois meses nos Estados Unidos em decorrência do novo coronavírus. A projeção da Universidade de Washington. Hoje, o país lidera o número de mortes por conta da doença: são mais de 242 mil vítimas do vírus. Só na quarta-feira (11), os Estados Unidos registraram 144 mil novos casos, o maior número de casos registrados em um único dia. 

A situação piora em todo o país, mas há regiões em que os cenário está pior. No estado de Illinois, por exemplo, os hospitais já estão adiando cirurgias e procedimentos eletivos para ter mais espaço para tratar os pacientes com a Covid-19.

Assista e leia também:

Estados Unidos ultrapassam 10 milhões de casos de Covid-19

Na Dakota do Norte, o governo estadual autorizou profissionais de saúde diagnosticados com a doença, mas sem sintomas, a trabalharem nas alas com pacientes também infectados. 

Em Nova York, a taxa de contaminação é a maior desde o final de maio. A partir de amanhã estabelecimentos como bares e academias da cidade, vão fechar às 22h para evitar aglomeração.

(Edição: Leonardo Lellis)