França é primeiro país europeu a atingir marca de 2 milhões de casos da Covid-19

É o quarto país com o maior número de casos no mundo

Giulia Alecrim*, da CNN
17 de novembro de 2020 às 19:21 | Atualizado 17 de novembro de 2020 às 19:31

 

A França ultrapassou a marca de 2 milhões de casos de Covid-19 nesta terça-feira (17) e é o primeiro país europeu a chegar nesse patamar. A nação é agora a quarta com o maior número de casos do mundo, com 2.041.317 infecções.

Os dados são da Universidade Johns Hopkins, que monitora o novo coronavírus mundialmente. A França contabiliza mais de 45 mil mortes pela doença.

Leia também:

Uma em cada quatro mortes na França é causada por Covid-19, diz premiê

O país iniciou um novo lockdown em 30 de outubro, determinado pelo presidente Emmanuel Macron. As novas restrições incluem o fechamento de estabelecimentos não-essenciais de todos os tipos e a obrigatoriedade de documento que comprove a necessidade das pessoas estarem nas ruas, e valerão até 1° de dezembro. O primeiro lockdown foi imposto no país da europeu em abril.

A cidade de Paris enfrenta as restrições mais duras, e passa por um toque de recolher entre às 22h da noite e 6h da manhã do horário local. 

O recorde de casos diários do país foi registrado no dia 5 de novembro, quando a França bateu 58.046 novas infecções em 24 horas. A taxa de transmissibilidade do país está acima de 1, de acordo com a agência de saúde francesa. 

Ainda a segundo o órgão, 33.139 mil pacientes estão internados com a Covid-19 nos hospitais do país — 4.838 desses, em unidades de terapia intensivas.

(*Sob supervisão de Giovanna Bronze)