Prefeitura de Paris é multada por empregar muitas mulheres no governo

Anne Hidalgo, prefeita da capital francesa, defendeu a ascensão de mulheres em cargos públicos

Da CNN, em São Paulo
16 de dezembro de 2020 às 15:34


A prefeitura de Paris foi multada em 90 mil euros por ter mais mulheres do que homens nos cargos do alto escalão do governo. Em 2018, foram contratadas 11 mulheres e cinco homens para os cargos de liderança na prefeitura. Com isso, a prefeita Anne Hidalgo desrespeitou uma lei federal que garante que nenhum gênero pode ocupar mais do que 60% dos cargos de chefia.

Leia também:

Breakdance vai estrear como esporte olímpico nos Jogos de Paris em 2024
França inicia testagem em massa gratuita para conter 2ª onda de Covid-19

Em discurso, a política afirmou que a lei era irresponsável e perigosa, e complementou que as mulheres devem ser promovidas porque "o atraso em toda a França ainda é muito grande". Agora, Paris deverá pagar 90 mil euros, equivalentes a mais de R$ 500 mil, ao Ministério da Função Pública.

A lei foi revogada no ano passado, mas como as nomeações aconteceram em 2018, o pagamento  deve ser feito mesmo assim. O dinheiro da multa será usado para financiar ações de promoção das mulheres no serviço público.

Prefeitura de Paris desrepeitou lei federal, que foi revogada no ano passado
Foto: Benoit Tessier -19.mar.2020/Reuters

(Publicado por Leonardo Lellis)