Aprovação de vacina na Europa e mais da noite de 21 de dezembro

As notícias mais importantes da noite desta segunda-feira, 21 de dezembro

Da CNN, em São Paulo
21 de dezembro de 2020 às 19:57

 

A aprovação da vacina da Pfizer contra a Covid-19 pela Comissão Europeia, a suspensão de voos vindos do Reino Unido por 40 países e a vacinação do presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, são alguns dos destaques da noite desta segunda-feira, 21 de dezembro de 2020.

Aprovada

A Comissão Europeia aprovou o uso da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e pela Biontech. A expectativa é que a vacinação comece em todos os 27 países da União Europeia no próximo domingo (27).

Suspensão

Chega a 40 o número de países que suspenderam os voos vindos do Reino Unido, após a nova variante do coronavírus ser classificada como fora de controle. A cepa é muito mais contagiosa do que a que se disseminava até então no país.

Vacinado

Nos Estados Unidos, o presidente eleito Joe Biden recebeu a vacina contra a Covid-19. Ele estava acompanhado de sua esposa, Jill, e foi vacinado em Delaware.

Coronavac

O governo de São Paulo anunciou que vai receber mais de 7 milhões de doses da Coronavac - a vacina produzida pela chinesa Sinovac contra a Covid-19 - até o próximo dia 31. Ainda segundo o governo, também serão compradas 100 milhões de seringas para o estoque estadual.

Ficha limpa

A Procuradoria-Geral da República (PGR) entrou com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) para derrubar a decisão do ministro Nunes Marques, que suspendeu um trecho da Lei da Ficha Limpa.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br