Alabama: Paciente com histórico alérgico tem reação severa com vacina da Pfizer

Estado americano do Alabama reportou que paciente está "estável e parece estar se recuperando" após reação a imunizante

Por Gisela Crespo, da CNN
24 de dezembro de 2020 às 03:24
Vacina contra Covid-19 da Pfizer/BioNTech
Foto: Owen Humphreys/Pool via Reuters (8.dez.2020)



Uma pessoa experimentou uma reação alérgica severa vários minutos após receber a vacina contra a Covid-19 da Pfizer, disse o Departamento de Saúde Pública do Alabama nesta quarta-feira (23), em um comunicado à imprensa.

O paciente, que recebeu a vacina na terça-feira, está "estável e parece estar se recuperando", acrescenta a nota.

Leia também:
Milhões de doses de vacinas dos EUA seguem sem uso e colocam meta em xeque

Segundo o departamento, o paciente tinha histórico prévio de reações alérgicas graves a agentes biológicos, mas decidiu receber a vacina após uma avaliação de risco.

"Conforme exigido pela autorização de uso de emergência (EUA), a reação adversa foi documentada e relatada ao fabricante", afirma o órgão.

Na manhã de quarta-feira, 15.286 doses da vacina contra a Covid-19 foram administradas no Alabama. Mais de 1 milhão de doses do imunizante já foram administrados nos EUA.