Baguete francesa é candidata a se tornar Patrimônio da Humanidade

Telhados de zinco de Paris e festa do vinho competem com iguaria para receber reconhecimento da Unesco

Da CNN, em São Paulo
18 de fevereiro de 2021 às 11:57 | Atualizado 18 de fevereiro de 2021 às 12:59

O ministério francês da Cultura vai definir no próximo mês o candidato do país na disputa pelo selo de Patrimônio Imaterial da Humanidade da Unesco. A tradicional baguete, os telhados de zinco de Paris e uma festa do vinho competem pela vaga.

Tradição e orgulho do país, a baguete é um dos principais símbolos da França no exterior. O selo da Unesco pode ajudar na preservação do item culinário, que tem sumido das padarias do país.

Desde a década de 1950, a França perdeu 30 mil padarias e 400 fecham todos os anos. Entre os padeiros tradicionais, há o temor de que a cultura da baguete se perca entre as novas gerações, por isso, o reconhecimento como Patrimônio da Humanidade pode incentivar jovens profissionais a garantirem que a tradição continue por mais anos.

Tradição e orgulho do país, a baguete é um dos principais símbolos da França no exterior
Foto: Philippe Ramakers/Pixabay

 

(Publicado por Leonardo Lellis)