Reino Unido deve abandonar regra de distanciamento social em junho

O primeiro-ministro Boris Johnson fez o anúncio nesta segunda-feira (3); o país já realizou um evento experimental sem máscaras ou necessidade de distanciamento

Reuters
03 de maio de 2021 às 09:15
Premiê britânico, Boris Johnson, durante visita a centro médico em Londres
Premiê britânico, Boris Johnson, durante visita a centro médico em Londres
Foto: Jeremy Selwyn -24.jul-2020/ Reuters

A Grã-Bretanha está prestes a abandonar a regra de distanciamento social, que significa que as pessoas precisam ficar a pelo menos um metro de distância, disse o primeiro-ministro Boris Johnson nesta segunda-feira (3). 

Segundo o primeiro-ministro, o fim do distanciamento social deve entrar em vigor no dia 21 de junho. 

"Acho que temos uma boa chance, uma boa chance, de dispensar um metro a mais", disse Johnson a repórteres durante uma visita à campanha eleitoral local ao norte da Inglaterra. 

Na última sexta-feira (30), o Reino Unido realizou um evento experimental com milhares de pessoas – sem máscaras ou distanciamento social. 

De acordo com as autoridades do Reino Unido, grandes reuniões internas ainda são proibidas, mas o evento de música ao vivo sem máscaras faciais ou distanciamento faz parte do Programa de Pesquisa de Eventos do governo do país, que está coletando dados para ajudar a determinar como casas noturnas e eventos podem retornar neste verão.