Antigo editor-chefe do jornal Apple Daily é preso em Hong Kong

Homem foi preso sob suspeita de "conspirar com países ou forças estrangeiras para colocar em risco a segurança nacional"

Tyrone Siu, da Reuters
21 de julho de 2021 às 15:28
Sede do jornal Apple Daily, em Hong Kong
Sede do jornal Apple Daily, em Hong Kong
Foto: Tang Yan/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

A polícia de Hong Kong prendeu nesta quarta-feira o antigo editor-chefe do agora fechado tabloide pró-democracia Apple Daily, noticiou a mídia local, a mais recente prisão em uma investigação de segurança nacional do jornal do magnata da mídia Jimmy Lai.

A polícia, que normalmente não identifica os indivíduos sob investigação, disse em comunicado que prendeu o ex-editor de jornal de 51 anos sob suspeita de "conspirar com países ou forças estrangeiras para colocar em risco a segurança nacional".

O grupo de mídia Next Digital, que publicava o Apple Daily, não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

O tabloide popular de Lai, crítico assíduo de Pequim, fechou após centenas de policiais invadirem sua sede em 17 de junho e congelarem ativos importantes e contas bancárias. O jornal imprimiu sua última edição em 24 de junho.

A polícia disse que dezenas de artigos do jornal podem ter violado a lei de segurança nacional imposta pela China à cidade.

Críticos da lei, introduzida em junho de 2020, dizem que ela tem sido usada para amordaçar a dissidência e erodir as liberdades fundamentais, incluindo as de imprensa, na ex-colônia britânica, que voltou para o domínio chinês em 1997.