Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Trump pede paz, mas continua a dizer, sem provas, que eleição foi fraudada

    Manifestantes a favor do presidente dos EUA invadiram prédio do Congresso nesta tarde

    Anna Satie, da CNN em São Paulo

    Ouvir notícia


     

    Em vídeo publicado no Twitter, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump pediu que os manifestantes a seu favor que invadiram o prédio do Congresso nesta quarta-feira (6) vão para casa em paz. 

    No entanto, ele voltou a dizer, sem provas, que a eleição foi fraudada. 

    “Essa foi uma eleição fraudulenta, mas não podemos jogar o jogo dessas pessoas. Temos de ter paz. Então vão para casa, amamos vocês, vocês são especiais”, declarou.

    Leia também:

    Manifestantes pró-Trump invadem Capitólio e Congresso é fechado

    Democracia dos EUA sofre um ataque inédito, diz Biden após invasão ao Congresso

    Os participantes do protesto rejeitam a vitória de Biden na eleição presidencial, que seria confirmada pelo Congresso americano nesta tarde. Os parlamentares tiveram de ser evacuados do prédio e a sessão foi suspensa.

    Os invadores vandalizaram o escritório da presidente da Casa dos Representantes, Nancy Pelosi, e deixaram bilheres dizendo que não recuariam

    Uma mulher levou um tiro no peito e está em estado crítico. 

    Além de dizer que a publicação de Trump é”contestada”, o Twitter bloqueou que os usuários interajam com ela. “Essa afirmação de fraude eleitoral é contestada e esse tweet não pode ser respondido, retweetado ou curtido por risco de violência”, alertou a plataforma. 

    O presidente dos EUA, Donald Trump, em pronunciamento no Twitter
    O presidente dos EUA, Donald Trump, em pronunciamento no Twitter
    Foto: Reprodução/Twitter @donaldjtrump (6.jan.2021)

    Mais Recentes da CNN