Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vídeo: manifestantes pró-Palestina barram passagem da polícia em universidade de Los Angeles

    Estudantes da UCLA bloquearam a marcha dos agentes que cumpriam ordem de dispersão contra protestos no campus

    Momento em que manifestantes pró-Palestina barram a passagem de policias durante protestos na UCLA
    Momento em que manifestantes pró-Palestina barram a passagem de policias durante protestos na UCLA Reprodução/ABC

    Da Reuters

    Um vídeo publicado na noite de quarta-feira (1º) mostrou estudantes bloqueando o caminho da polícia no campus da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) após uma ordem de dispersão de manifestantes em protestos pró-Palestina.

    Impedidos de passar, os policiais se viraram e foram embora.

    Fileiras de policiais com equipamento tático se espalharam pelo campus da UCLA, adjacente a um complexo de tendas ocupadas por multidões de manifestantes, em antecipação ao ataque, um dia após a universidade ter declarado que o acampamento é ilegal.

    Centenas de outros ativistas pró-palestinos reunidos fora da cidade de tendas zombaram da polícia com músicas, alguns tocando tambores e agitando bandeiras palestinas, enquanto os policiais marchavam para o terreno do campus. Muitos dos manifestantes usavam os tradicionais lenços keffiyeh palestinos.

    Os estudantes reuniram-se ou montaram acampamentos em dezenas de escolas nos EUA nos últimos dias, expressando oposição à guerra de Israel na Faixa de Gaza e exigindo que as escolas se desfizessem de empresas que apoiam o governo de Israel. Muitas das universidades chamaram a polícia para reprimir os protestos.

    Cerca de 1.200 pessoas no sul de Israel foram mortas no ataque de 7 de outubro, mas o ataque retaliatório israelense matou quase 35 mil palestinos, segundo dados do Ministério da Saúde de Gaza, destruiu grande parte da infraestrutura do enclave e criou uma crise humanitária.

    Veja o vídeo:

    (Com informações de Paul Vieira, Nathan Frandino, Sandra Stojanovic, Omar Younis, Rollo Ross e Lion Schellerer)