Bolsonaro avalia PIB, coronavírus e mais notícias da manhã de 6 de março


Da CNN, em São Paulo
06 de março de 2020 às 06:23 | Atualizado 06 de março de 2020 às 06:23

A avaliação do PIB feita pelo presidente Jair Bolsonaro, a confirmação do 8º caso de coronavírus no Brasil, a busca por desaparecidos após temporal na Baixada Santista, a dança de cadeiras no PSL promovidas pela deputada Joice Hasselmann e o não indiciamento do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho após portar passaporte adulterado são os destaques da manhã desta sexta-feira, 6 de março de 2020.

Coronavírus no Brasil

O país já registra oito pessoas com diagnóstico confirmado do novo coronavírus. Outros 636 casos são classificados como suspeitos. De acordo com o Ministério da Saúde, 25% dos jovens não apresentam sintomas da doença, dificultando o diagnóstico. Na última quinta-feira (5) foi registrada a primeira transmissão local do novo coronavírus, em São Paulo.

Temporal na Baixada Santista

O Corpo de Bombeiros continua na busca por sobreviventes após fortes chuvas que atingiram a Baixada Santista no início da semana. Cerca de 41 pessoas estão desaparecidas e 29 morreram. As buscas e resgates não pararam durante a madrugada e continuam ao longo de toda esta sexta-feira (6).

Joice Hasselmann tira ‘bolsonaristas’ 

A deputada federal Joice Hasselmann (SP) afastou, de funções na Câmara, integrantes do PSL que são próximos ao Planalto. A troca foi logo depois do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aceitar decisão do partido para afastar, temporariamente, cerca de 12 deputados da legenda das atividades partidárias por um ano. Ao todo, ela desligou cinco vice-líderes, todos apoiadores da criação de um novo partido, inclusive o do presidente Jair Bolsonaro.

Ronaldinho Gaúcho

O Ministério Público do Paraguai decidiu não indiciar o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Assis Moreira, pelo uso de passaportes adulterados. De acordo com a justiça paraguaia, os dois foram enganados. No entanto, outras três pessoas foram indiciadas: um brasileiro, acusado de ter entregue os documentos adulterados, e as duas paraguaias supostamente detentoras dos passaportes verdadeiros.

Bolsonaro comenta PIB

O presidente Jair Bolsonaro afirma que a economia brasileira “vai muito bem". O anúncio foi feito durante a transmissão pelo Facebook nesta quinta-feira (5). O crescimento de 1,1 % do Produto Interno Bruto (PIB) de 2019 foi considerado fraco por analistas, mas segundo o presidente, foi bem recebido por empresários brasileiros.