Queda do dólar, Maia vs Guedes e mais notícias da noite de 6 de março


Da CNN Brasil, em São Paulo
06 de março de 2020 às 21:44 | Atualizado 15 de março de 2020 às 15:38

A queda do dólar após 12 altas, imbróglio entre Rússia e Opep que causou queda das ações da Petrobras, novos casos de coronavírus no Brasil e no mundo, além de novo embate entre Rodrigo Maia e Paulo Guedes são os assuntos da noite desta sexta-feira, 6 de março de 2020.

Dólar caiu

O dólar fechou a sexta-feira (6) em queda, sendo vendido a R$ 4,63. O resultado interrompeu a sequência de 12 altas consecutivas, resultado de intervenção do Banco Central por meio de swaps cambiais. Na semana, a alta acumulada da moeda chegou a 3,42%.

A decisão da Opep

A Rússia e Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) não chegaram a acordo, fazendo com que os preços do óleo desabassem. Russos não concordaram em reduzir a produção da comoditie,  decisão que derrubou as ações da Petrobras por aqui e que repercutiu no índice Bovespa, que fechou a sexta-feira em queda de 4,14%.

Coronavírus no Brasil

Sobe para 13 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil. Dez casos foram em São Paulo, um no Rio de Janeiro, outro no Espírito Santo e um na Bahia. País registra 768 casos suspeitos. 

Coronavírus no mundo

Ao redor do planeta já são quase 100 mil pessoas infectadas. Cerca de 80 mil casos estão na China. O número de mortes já ultrapassa 3.400, e, nesta sexta, a Holanda registrou sua primeira vítima. 

Maia vs Guedes

Rodrigo Maia rebate ministro Paulo Guedes sobre mudar o país em 15 semanas. O presidente da Câmara criticou a postura do governo sobre a discussão das reformas, e disse que o prazo é curto porque o governo desperdiçou um ano.

Sete anos sem Chorão

Nas redes sociais um dos assuntos mais comentados nesta noite é a morte do cantor Chorão. Nesta sexta faz sete anos que o vocalista da banda Charlie Brown Jr. morreu.