1ª morte por coronavírus no Brasil e mais notícias da tarde de 17 de março

A primeira pessoa a morrer por conta do coronavírus é um homem de 62 anos; veja mais destaques do 5 Fatos Tarde

Da CNN Brasil, em São Paulo
17 de março de 2020 às 13:09 | Atualizado 17 de março de 2020 às 16:47

A primeira morte por coronavírus registrada no Brasil e mais notícias sobre o avanço do COVID-19 pelo mundo são os destaques desta terça-feira, 17 de março de 2020, no 5 Fatos Tarde, apresentado por Luciana Barreto.

Primeira morte

O Brasil registrou nesta terça-feira (17) a primeira morte no país pelo novo coronavírus. O paciente de 62 anos tinha hipertensão e estava internado em um hospital de São Paulo.

COVID-19 no mundo

O número de mortos fora da China já ultrapassou o do país que foi o epicentro da doença. Em todo o planeta são mais de 7 mil mortos. Na Itália, já são mais de 2 mil mortos.

Ações do governo 

No Brasil, governadores endurecem o combate à doença. No Rio, viagens, aulas, visitação de presos estão suspensas por quinze dias. O decreto do governador Wilson Witzel impede também a chegada de ônibus de São Paulo.

Na capital paulista, o prefeito Bruno Covas decretou emergência e disse que vai se mudar para a prefeitura. O rodízio de carros na cidade também está suspenso.

Fuga em presídios

Quatro presídios do estado de São Paulo registraram rebeliões e fugas depois que a secretaria de administração penitenciária decidiu suspender a saída temporária, a chamada saidinha, de presos do regime semiaberto para impedir o contágio por coronavírus. 

Segundo a Polícia Militar, mais de 400 presos foram recapturados, mas o número de detentos que fugiu ão foi divulgado. Os motins aconteceram nas unidades de Mongaguá, no litoral paulista, Tremembé, Porto Feliz e Mirandópolis, no interior.

Mais impactos do COVID-19

No esporte, mais adiamento de competições. Desta vez, a Eurocopa e a Copa América. A data prevista é daqui a um ano, junho de 2021.