MP 922: Boato inventa falsa punição a idosos que saírem de casa


Da CNN Brasil, em São Paulo
20 de março de 2020 às 17:02 | Atualizado 20 de março de 2020 às 17:14
Montagem FALSA que circula pelas redes sociais. Não há punição para idosos que i

Montagem FALSA que circula pelas redes sociais. Não há punição para idosos que idosos saiam na rua.

Foto: Reprodução/WhatsApp

Uma imagem que circula pelas redes sociais nesta sexta-feira (20) atribui a uma legislação real uma medida falsa, que não corresponde aos procedimentos adotados para combater o novo coronavírus.

Segundo a montagem, idosos que saírem de casa a partir de hoje teriam sua aposentadoria suspensa, bem como provocariam multas a serem pagas por seus filhos e netos. Essa informação, reiteramos, é falsa e não corresponde com nenhuma medida adotada pelo governo brasileiro.

De fato, o Ministério da Saúde recomenda que pessoas acima de 60 anos, que constituem um dos principais grupos de risco para COVID-19, se preservem para evitar o contágio. No entanto, não há nenhuma legislação em vigor que provoque qualquer punição.

Na imagem, essa punição é atribuída à medida provisória nº 922/2020, que teria sido publicada no dia 18 de março. Esta legislação existe, mas na verdade ela foi instituída pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 28 de fevereiro e não tem relação com a pandemia do novo coronavírus.

Na verdade, a medida provisória foi instituída para autorizar a contratação temporária de servidores aposentados para reforçar o quadro de funcionários do INSS, que tem uma longa fila de pedidos de aposentadoria pendentes de análise.

Leia também

Coronavírus: o que é fake news e o que é verdade sobre a transmissão da doença 

Coronavírus: como é viver na Itália, epicentro da pandemia na Europa 

Água com sal, dez segundos sem ar: o que não se deve fazer contra o coronavírus