Doria resolve fazer mais um teste para COVID-19; Bruno Covas testa negativo


Marcela Rahal Da CNN, em São Paulo
24 de março de 2020 às 11:11 | Atualizado 24 de março de 2020 às 11:15
O governador João Doria durante coletiva de imprensa sobre coronavírus

O governador João Doria durante coletiva de imprensa sobre coronavírus

Foto: CNN (20.mar.2020)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), resolveu fazer um segundo teste para coronavírus. 

O governador já anunciou que o exame realizado no Hospital Albert Eistein deu negativo. 

Mas a reportagem da CNN apurou que, mesmo o laboratório do Eistein não precisando de contraprova, o governador em função do cargo que ocupa resolveu fazer mais um teste para evitar qualquer tipo de contestação. 

A coletiva de imprensa está mantida, mas será transmitida no Palácio dos Bandeirantes por meio de um telão que foi montado, portanto, o governador não terá contato com os jornalistas. Isso será anunciado durante a coletiva marcada para começar as 12h30. 

O coordenador do Centro de Contingência, David Uip, testou nesta segunda-feira positivo para o coronavírus. Toda a cúpula do governo paulista foi submetida ao exame de COVID-19. 

O secretário estadual de saude, Jose Henrique German, também já testou negativo para ó coronavírus.

Covas testa negativo

O prefeito Bruno Covas (PSDB) testou negativo, segundo post em sua conta no Instagram.

O prefeito está em tratamento de um câncer diagnosticado no fim do ano passado. Na sexta-feira (20), em entrevista à CNN, Bruno Covas afirmou que seu sistema imunológico está recuperado e, com isso, estava adotando as prevenções em relação ao novo coronavírus como um adulto em condições normais de saúde.