Esgotamento de vacinas em algumas cidades já era esperado, diz Mandetta


Natália André Da CNN, em Brasília
24 de março de 2020 às 14:32
O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta falou à CNN que já era esperado pela pasta o esgotamento de vacinas contra a gripe no primeiro dia de campanha de imunização.

"Das duas, uma: ou é muita competência das secretarias, que conseguiram vacinar todos os idosos e profissionais da saúde em tempo recorde, ou estão vacinando quem não é prioridade neste momento", afirmou.

Mandetta relatou ter recebido pedidos para mandar mais doses, mas descartou o envio. "Não vamos acelerar mais do que já fizemos. A campanha já foi adiantada em 23 dias", afirmou.

De acordo com Mandetta, algumas dessas cidades que pediram mais vacinas afirmaram que abriram a vacinação para crianças e jovens.