Coronavírus: mais de 6 mil brasileiros querem voltar para o Brasil

Brasileiros no exterior relatam que estão enfrentando dificuldades para conseguir ajuda, inclusive do consulado brasileiro em diversos países

Evandro Cini da CNN, em São Paulo
24 de março de 2020 às 22:47 | Atualizado 24 de março de 2020 às 22:48

Mais de seis mil brasileiros que estão no exterior aguardam para voltar ao Brasil. Eles reclamam da falta de apoio das companhias aéreas e do Itamaraty. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, 5.200 pessoas já foram repatriadas e 6.919 ainda aguardam medidas para voltar para o país. 

O Ministério das Relações Exteriores criou um grupo consular de crise para dar assistência aos brasileiros afetados pela pandemia do novo coronavírus no exterior.

Mesmo assim, muitos passageiros relatam que estão enfrentando dificuldades para conseguir ajuda e até mesmo informações nos postos do consulado brasileiro em diversos países.

Segundo José Nantala Freire, advogado especialista em direito internacional, não existe solução de um dia para o outro, porque a liberação dos brasileiros depende do diálogo entre os países e também da oferta de voos das companhias aéreas, que reduziram mais de 70% das viagens por conta da pandemia. 

"Infelizmente, é um problema global, e são poucas companhias aéreas para resolver estes problemas em tantos destinos ao mesmo tempo. Então, a matemática é muito difícil e é preciso, sim, ter paciência e esperar uma decisão concertada entre os países e as empresas aéreas, as operadoras de cruzeiros. Enfim, é muito difícil", diz Freire.