Receita amplia lista de produtos com importação facilitada durante pandemia


Julliana Lopes  Da CNN, em Brasília
27 de março de 2020 às 13:32 | Atualizado 27 de março de 2020 às 13:33

A Receita Federal ampliou a lista de produtos que terão o despacho aduaneiro agilizado por causa da crise do novo coronavírus. O objetivo é facilitar a entrega de insumos que possam auxiliar no combate à COVID 19.

A nova norma, publicada nesta sexta-feira (27) no Diário Oficial da União, permite procedimentos de importação mais rápidos para medicamentos como a cloroquina, além de kits de teste para a COVID-19, sequenciadores automáticos de DNA e aparelhos para entubação.

Na semana passada o órgão já havia anunciado a facilidade para 33 categorias de mercadoria, como álcool em gel e equipamentos de proteção para profissionais de saúde. Agora a nova lista possui 99 categorias diferentes. 

Com a medida, a Receita Federal informou que vai "evitar gargalos nos recintos aduaneiros ao agilizar a entrega da carga e permitir sua utilização econômica para reforçar o combate ao vírus".