"É momento de somar esforços", diz Paulo Caffarelli, CEO da Cielo, sobre crise


Da CNN, em São Paulo
31 de março de 2020 às 12:38 | Atualizado 03 de abril de 2020 às 19:01

Paulo Caffarelli, CEO da Cielo, afirmou à CNN, nesta sexta-feira (27), que o momento de crise econômica por conta do avanço do coronavírus pede união de setores.

"Essa é uma crise sem precedentes. É um momento de união de todos justamente para que cada um possa fazer aquilo que é possível", avaliou ele. "Nós temos que somar todos os nossos esforços para que possamos, em conjunto, atuar muito forte dentro desse processo da retomada do crescimento econômico", completou.

Em relação aos dados mais recentes do varejo, Caffarelli ainda disse que o índice que mais se destaca é a queda no setor de serviços. "O que assusta um pouco é a redução brusca (-39,5%) do segmento de serviços, que representa quase 60% do PIB brasileiro. Isso pega bares e restaurantes", explicou.

"Quando comparamos 26 dias de fevereiro com o mesmo período de março, o varejo teve um decréscimo de 15,8% nesse processo. Se você imaginar que o varejo brasileiro cresce, em média, 7% ao ano, ter uma redução dessas em um mês significa bastante coisa", afirmou.