Articulação de Bolsonaro, plano Mansueto adiado e mais da noite de 8 de abril

5 Fatos Noite, com Daniela Lima, destaca o recorde de mortes por coronavírus no Brasil em 24h, a paz entre Bolsonaro e Mandetta e mais

Da CNN, em São Paulo
08 de abril de 2020 às 21:01 | Atualizado 08 de abril de 2020 às 21:38

Acordo de paz entre Bolsonaro e Mandetta, maior número de mortes em um dia por coronavírus no Brasil, a tentativa de aproximação do presidente a alguns partidos e a desistência da candidatura de Bernie Sanders são os destaques da noite desta quarta-feira, 8 de abril de 2020.

Recorde diário

Brasil bate novo recorde de confirmações de mortes por COVID-19 em 24 horas, com 133 óbitos. O número total de vítimas da doença chega a 800 no País. Os casos confirmados passam a marca de 15 mil.

Trégua

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sela trégua e declara em entrevista coletiva que quem manda no time é o presidente da Repúblicam, Jair Messias Bolsonaro.

Aproximação

O presidente, por sua vez, inicia uma operação de aproximação com dirigentes de partidos políticos de centro, como o Progressistas e o Republicanos, antigo PRB. Segundo relatos, ele disse que sabe que precisa das siglas e do congresso para atravessar a crise.

Adiado

A equipe econômica tenta conter o ímpeto de parlamentares de concederem benesses a estados e municípios, com mudanças no chamado Plano Mansueto. Sem acordo, a votação do tema na Câmara acabou adiada para amanhã. 

Sanders fora

O senador Bernie Sanders deixou a corrida pela candidatura democrata à presidência dos Estados Unidos. Sua saída consolida o nome de Joe Biden como o adversário natural de Donald Trump.

Veja mais

Nas redes sociais é a cloroquina que se destaca como um dos termos mais procurados. Há uma série de reportagens sobre o assunto nos canais digitais da CNN Brasil.