Alpargatas irá produzir um milhão de máscaras para o combate ao coronavírus

Em entrevista para a CNN, CEO Roberto Funari disse que as fábricas da empresa produzirão o material até quando a "sociedade precisar"

Da CNN, em São Paulo
13 de abril de 2020 às 20:52


Diante da pandemia de coronavírus, empresas que tiveram sua produção diminuída encontraram maneiras para ajudar a população no combate. É o caso da Alpargatas, uma das mais tradicionais indústrias do Brasil, que redirecionou suas fábricas na Paraíba, Pernambuco e Minas Gerais para a produção de máscaras de proteção.

“Iniciamos o projeto pensando em produzir até 200 mil máscaras. Mas fomos avançando e chegamos na meta de um milhão de máscaras, que serão doadas em coordenação com órgãos de saúde”, disse o CEO da empresa, Roberto Funari, em entrevista para a CNN.

O executivo disse também que a empresa está doando “kit empatia” para comunidades vulneráveis como uma maneira de fornecer equipamentos de higiene para quem tem dificuldade em encontrar esses produtos. A empresa também doará calçados para os profissionais de saúde.

Funari explicou que as fábricas passaram por um processo de readequação para produzir os equipamentos com a devida proteção. “A readequação das unidades produtivas demorou 4 dias, onde tivemos que redesenhar processos e adaptar equipamentos. Nós iremos produzir estes materiais até quando a sociedade precisar”.