Polícia Federal intercepta carga de fuzis e drogas em rota de tráfico para o Rio

Apreensão ocorreu no Paraná; segundo investigadores, munição abasteceria o crime organizado no estado fluminense

Vianey Bentes da CNN em Brasília
17 de abril de 2020 às 16:59
Polícia Federal encontrou carga de fuzis e drogas que tinham como destino o Rio (17.abr.2020)
Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal no Paraná apreenderam nesta sexta (17) dois fuzis, 14 pistolas, munições e sete caixas de madeira carregadas com maconha, num galpão, na cidade de Palotina, região oeste do Paraná. A ação faz parte de uma investigação sobre rota de tráficio com o crime organizado no Rio.

Um dos fuzis é de calibre 7,62 mm e outro de calibre 5,56 mm, de alto poder destrutivo, e mais quatro "kits rajada", acessórios capazes de transformar pistolas comuns em armas de fogo automáticas.

Um homem e uma mulher foram presos em flagrante, e três veículos apreendidos: duas caminhonetes e um carro de passeio. As duas caminhonetes foram roubadas no Rio de Janeiro, o que segundo a polícia reforça a conexão dos crimes violentos e o tráfico de armas e drogas.

A maconha ainda será pesada, mas segundo a PF, é provável que seja a maior apreensão realizada este ano no Paraná, e uma das maiores do país.

As investigações tiveram início a partir de informações levantadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado - Gaeco de Foz do Iguaçu, que suspeitava da existência de uma rota de tráfico de armas e drogas para abastecer o crime organizado no Rio de Janeiro.