Posse de Teich, Orçamento de Guerra e mais notícias da tarde de 17 de abril

5 Fatos Tarde, apresentado por Roberta Russo, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo
17 de abril de 2020 às 13:09 | Atualizado 29 de abril de 2020 às 13:48

A posse do novo ministro da Saúde, Nelson Teich, as votações no Senado Federal, a contração na economia da China e as repercussões da crise entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta sexta-feira, 17 de abril de 2020.

Posse de Teich

O novo ministro da Saúde, Nelson Teich, tomou posse assumindo o cargo em meio à pandemia do novo coronavírus no país. No discurso, na presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Teich falou em ter foco nas pessoas e sobre a necessidade de formar times trazendo pessoas certas para cada função.

Senado

O Senado terá, excepcionalmente, duas votaçôes nesta sexta. Na principal, os senadores vão analisar em segundo turno a Proposta de Emenda à Constituição do chamado Orçamento de Guerra, que separa cerca de R$ 700 bilhões do orçamento de 2020 para ações de combate à COVID-19 e permite ao Banco Central fazer compra direta de créditos.

China

A economia da China, afetada pela crise do novo coronavírus, encolheu 6,8% no primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado. É o primeiro recuo no PIB (Produto Interno Bruto) chinês pelo menos desde 1992 quando o país começou a ter registros trimestrais.

Economia global

Os mercados ao redor do mundo começaram a sexta-feira com ganhos, apesar da economia chinesa ter apresentado contração no PIB. As bolsas estão embaladas pela notícia de que um remédio testado em 125 pessoas nos Estados Unidos apresentou bons resultados.

Bolsonaro x Maia

Lideranças e dirigentes partidários organizam em Brasília uma reunião para tratarem da escalada de tensão política entre Bolsonaro e presidente da Câmara, Rodrigo Maia. É uma reação à entrevista que Bolsonaro deu à CNN com ataques diretos a Maia, que, também à CNN, respondeu.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br