Acusações de Moro, resposta de Bolsonaro e mais da noite de 24 de abril

Assista ao 5 Fatos Noite apresentado pela âncora da CNN Daniela Lima

Da CNN, em São Paulo
24 de abril de 2020 às 19:20 | Atualizado 24 de abril de 2020 às 19:38
 
 
As acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro, a resposta de Jair Bolsonaro em pronunciamento, a forte repercussão internacional e as reações do embate político no mercado financeiro estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta sexta-feira, 24 de abril de 2020.
 

Sergio Moro

O procurador-geral da República quer abrir um inquérito para investigar o relato feito pelo agora ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, sobre a suposta tentativa do presidente Jair Bolsonaro de interferir na Polícia Federal. Augusto Aras aponta a possibilidade de, a julgar pelo discurso de Moro, Bolsonaro ter incorrido em advocacia administrativa e obstrução de justiça, por exemplo.

Jair Bolsonaro

Em pronunciamento, o presidente Jair Bolsonaro rebateu a fala de Sergio Moro. Em tom emocional, sinalizou ter se sentido traído pelo ex-ministro e disse que Moro sugeriu adiar mudanças na Polícia Federal para depois de ser indicado ao Supremo. O ex-juiz nega.

Repercussão internacional

A saída de Sergio Moro teve forte repercussão internacional. Para ficar em um exemplo, o The New York Times falou em ''tumulto no governo brasileiro'' e disse que ''Sergio Moro renunciou em protesto após Bolsonaro demitir o chefe da polícia nacional.'' 

Mercado financeiro

A crise política agravada pela saída de Sergio Moro do governo deu novo impulso ao dólar, que bateu R$ 5,66.

Coronavírus

O número de casos do novo coronavírus no Brasil passou de 52 mil. O de vítimas da doença chegou a 3.670.

Redes sociais

Bolsonaro, impeachment e Moro foram os termos que mais atraíram atenções nesta sexta-feira (24). 

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br