Brasil repatria 159 cidadãos retidos no México e no Panamá

Voo fretado pelo Ministério de Relações Exteriores beneficiou também 91 mexicanos que se encontravam no país; operação foi coordenada entre os três governos

Da CNN, em São Paulo
26 de abril de 2020 às 10:18
Brasileiros embarcam no aeroporto da Cidade do Panamá em voo fretado pelo Itamaraty
Foto: Divulgacao/ Itamaraty

O governo brasileiro informou que entre a sexta-feira (24) e o sábado foram repatriados 159 cidadãos do país que estavam retidos no México e no Panamá em razão das medidas tomadas pelos dois países contra o avanço do novo coronavírus.

A operação, realizada em conjunto com a Secretaria de Relações Exteriores do México, também permitiu que 91 mexicanos que se encontravam no Brasil retornassem aos seus respectivos países de origem, informou o Itamaraty.

Segundo o Ministério de Relações Exteriores, as repatriações foram feitas por voo fretado contratado pelo governo brasileiro para a rota entre a Cidade do México e São Paulo, com escala na Panamá. A operação teve o apoio dos governos mexicano e panamenho.

Leia também:

Fila de brasileiros no exterior aguardando repatriação cai para 4,2 mil pessoas

Diplomatas brasileiros na Venezuela são repatriados em avião da FAB

Por meio de comunicado, o Itamaraty reforçou que continua prestando assistência aos brasileiros que ainda permanecem no México.

“Em um espírito de cooperação regional, Brasil e México reforçam seus laços bilaterais e reafirmam seu compromisso de continuar prestando assistência e proteção consular a seus nacionais no exterior, principalmente àqueles afetados pelas atuais restrições de viagens e cancelamentos de voos comerciais derivados do COVID -19”, diz a nota. (Com informações da Agência Brasil)