Festival online dura 3 dias e arrecada dinheiro para o combate à pandemia

Movimento Bem Maior arrecadou doações para o Fundo Emergencial para a Saúde e a Ação Cidadania. Valor vai ser usado na luta contra o novo coronavírus

Da CNN, em São Paulo
28 de abril de 2020 às 07:20 | Atualizado 28 de abril de 2020 às 07:35

Em meio a onda de lives musicais no isolamento social pela COVID-19, uma iniciativa solidária chama atenção. O "Ao Vivo Pela Viva", apoiado pelo Movimento Bem Maior, reuniu artistas para arrecadar doações em dinheiro para o Sistema Público de Saúde (SUS) e distribuir alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

À CNN, a presidente do movimento, Carolla Matarazzo, falou sobre o sucesso do movimento que, entre os dias 24 e 26 abril, teve participações de artistas como as cantoras Anitta e Preta Gil, as atrizes Bruna Marquezine e Claudia Raia e o padre Fábio de Melo.

A iniciativa apoiou o grupo Dadivar e a agência SUBA. “O dinheiro arrecadado vai ajudar milhares de vidas, seja pelos medicamentos ou pela comida. O dinheiro vai ser enviado para o Fundo Emergencial para a Saúde e a Ação Cidadania, e foi uma grande prazer ver a mobilização de tantos atores, cantores e influencers”, diz Carolla Matarazzo, presidente do Movimento Bem Maior.