Boletim aponta 'sinal amarelo' para novo coronavírus em BH

Indicador vai regular a reabertura do comércio na capital mineira

Da CNN, em São Paulo
16 de maio de 2020 às 10:36 | Atualizado 16 de maio de 2020 às 11:52

A prefeitura de Belo Horizonte divulgou o primeiro indicador do boletim de monitoramento da Covid-19, que constatou estado de atenção para a pandemia na capital mineira. Apesar do nível de transmissão indicar a expansão dos casos, a cidade ainda mantém a previsão de reabrir o comércio no próximo dia 25 de maio.

O "termomêtro" da Covid-19 promete medir o grau da pandemia em Belo Horizonte a partir das taxas de ocupação de leitos de UTI e clínicos por pacientes infectados pelo novo coronavírus. Também será contabilizado o número de casos confirmados contando os sete dias anteriores à data da publicação, ou seja, a data da sinalização do grau de risco de contaminação pelo novo coronavírus na cidade mineira.

Leia e assista mais:

BH registra mais de 14 mil denúncias por violação da quarentena

Minas Gerais lança aplicativo para consultas pelo celular

O sinal amarelo reacende o alerta para os cuidados com o isolamento social e a utlização de máscaras em espaços públicos e privados. A prefeitura de Belo Horizonte anunciou que 18 barreiras sanitárias serão montadas a partir da semana que vem para medir a condição de saúde das pessoas que quiserem entrar na cidade.

A capital mineira já registra 1.059 casos confirmados e 29 mortes pelo novo coronavírus. No estado, são 4.196 casos confirmados, 146 mortes e um total de 1.956 pessoas já recuperadas da Covid-19.