Contratação de planos de saúde aumenta durante a pandemia, diz ANS


Da CNN, em São Paulo
18 de maio de 2020 às 13:39

Em meio à pandemia da Covid-19, dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) mostraram que houve aumento no número de brasileiros que contrataram planos de saúde. Em março, foram 111.860 novos beneficiários na rede privada de saúde em relação a fevereiro.

Além disso, o número de contratações por adesão, que podem ser feitos via associações e sindicatos de classe, teve alta de 3.000% em março. Foram 11 mil contratos a mais em relação ao mês anterior. Os estados com mais contratações nessa categoria foram Minas Gerais, Goiás e São Paulo. Os contratos de planos empresariais também tiveram alta no período, de 4% em relação a fevereiro. 

Leia também:

Saúde em São Paulo deve entrar em colapso em 15 dias, prevê secretário
Covid-19 está em fase de aceleração no Brasil, diz Dimas Covas

Em meio ao aumento no número das contratações, usuários enfrentam problemas com serviços negados por conta das carências contratuais, que podem chegar até 180 dias. 

A ANS informou que não houve alteração do prazo em função da Covid-19. A Justiça determinou que pacientes com coronavírus sejam classificados em casos emergenciais e não precisam aguardar o fim da carência para ser internados. 

Em nota à CNN, a Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) defendeu o prazo de 180 e disse que "qualquer decisão que afete a carência pode comprometer o sistema suplementar de saúde".